Gilles Deleuze

GILLES DELEUZE
(1925-1995)

Gilles Deleuze, proeminente filósofo francês, nasceu em 1925. Freqüentou o Liceu Carnot, em Paris, e estudou filosofia na Universidade da Sorbonne entre 1944 e 1948. Foi na faculdade que conheceu, entre outras figuras, Michel Tournier e François Châtelet.

Lecionou Filosofia no ensino secundário até 1957, ano em que começou a ensinar História da Filosofia na Sorbonne. A partir de 1960, e durante quatro anos, foi investigador no Centre National de Recherche Scientifique (CNRS), tendo sido depois professor na Universidade de Lyon. Só em 1987 abandonou o ensino, depois de uma longa carreira como historiador de filosofia.

O seu primeiro livro, publicado quando contava apenas 23 anos, intitulava-se Empirismo e Filosofia. Em 1968, foi publicada a sua tese de doutoramento, Expressionismo na Filosofia: Spinoza.
Em 1987, Deleuze conheceu Félix Guattari, com quem escreveu um conjunto de livros influentes, nomeadamente Anti-Édipo – Capitalismo e Esquizofrenia (1972). Durante os anos 80, Deleuze escreveu uma série de livros sobre cinema e pintura. O seu último livro, uma coleção de ensaios sobre literatura e algumas questões filosóficas, foi publicado em 1993.
Disponível em: http://www.assirio.com/autor.php?id=2473&i=F

Principais obras do autor usadas na pesquisa de Audiovisualidades de TV:

DELEUZE, Gilles. Bergsonismo. São Paulo: Editora 34, 1999.

DELEUZE, Gilles. A ilha deserta. São Paulo: Iluminuras, 2006.

Conceitos mais usados:

Imagem-tempo, imagem-movimento, imagem-cristal. Rizoma. Cartografia. Acontecimento. Diferença.

Vídeos relacionados:

http://www.youtube.com/watch?v=xVtDfJZDg4U&feature=related

Deleuze: création artistique (1)

http://www.youtube.com/watch?v=xVtDfJZDg4U&feature=related

Deleuze: création artistique (2)